Escolha uma Página
Lipoaspiração: a cirurgia plástica deixa cicatriz?

Lipoaspiração: a cirurgia plástica deixa cicatriz?

Quando se pensa na realização de uma cirurgia plástica, é muito comum surgirem dúvidas acerca de como é feito o procedimento, como é o pós-operatório e, claro, quais são as possibilidades de restarem marcas. Muitas pacientes trazem ao consultório médico perguntas sobre as temidas cicatrizes. A lipoaspiração é uma das cirurgias plásticas mais procuradas no Brasil, e são muito recorrentes os questionamentos sobre as cicatrizes nas pacientes.

Por isso, neste post, o Dr.Charles Berres esclarece todas as dúvidas sobre um dos grandes medos de quem buscam moldar o corpo com a ajuda da lipoaspiração. Vamos conferir!?

Afinal, como é a cicatriz?

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico para harmonizar o corpo, do qual é retirado níveis de gordura em excesso de regiões específicas, como coxas, abdômen, costas, entre outras. Para realizar o processo, o cirurgião precisa atingir os locais onde a gordura se encontra, com instrumentos específicos para a sucção. Por isso, é necessário fazer uma pequena incisão na pele da paciente para a penetração da cânula, a fim de alcançar a região em que será feita a lipoaspiração.

Ou seja, é inevitável: a lipoaspiração vai deixar cicatriz. Embora possa parecer ruim a formação de marcas após a cirurgia, há também uma excelente notícia: é muito fácil esconder a cicatriz, o que garante a efetividade da cirurgia sem deixar nenhumamarca visível. Isso porque, além de ser uma incisão muito pequena — cerca de 1cm —, o cirurgião escolhe locais em que ela não aparecerá, como, por exemplo, abaixo do abdômen — facilmente coberta pelo biquíni — e também na região das axilas. Isto é, elas ficam tão pequenas e discretas que é quase impossível notá-las.

Dicas para o pós-operatório

Vale ressaltar que, mesmo com cicatrizes pequenas e discretas, é fundamental ter muita cautela durante o pós-operatório, sobretudo nos primeiros dias de recuperação. Ter uma boa alimentação, manter-se sempre bem hidratada, é essencial evitar fazer esforço físico e expor-se ao sol para a reabilitação completa da paciente e evitar quaisquer transtornos em relação às cicatrizes.

Por isso, é imprescindível que a paciente siga todas as recomendações do médico cirurgião responsável pelo procedimento. Observar cada etapa indicada pelo profissional vai garantir um excelente resultado da lipoaspiração e deixará as cicatrizes imperceptíveis.

Cuidado com alguns fatores

Antes da realização da lipoaspiração, claro, o cirurgião exige uma série de exames à paciente, a fim de analisar as condições físicas para o procedimento. Assim, ele identifica fatores que possam vir a prejudicar uma cicatrização satisfatória, como, por exemplo, a diabetes. Além disso, o tabagismo também é um fator que dificulta o processo de cicatrização e que pode ser um empecilho na hora de fazer não só a lipoaspiração, mas qualquer outra cirurgia.

Esses fatores, vale lembrar, precisam ser discutidos com o cirurgião médico. Sem dúvidas, o profissional vai trazer a você as melhores orientações para realizar a lipoaspiração com segurança, garantindo uma cicatrização eficiente.

Escolha um profissional experiente

A qualidade do trabalho realizado pelo cirurgião também é fundamental para a cicatriz ficar imperceptível. Escolha, portanto, um profissional gabaritado, com experiência e que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Assim, você terá uma orientação correta e garantirá um procedimento seguro com resultados excelentes!

Mesmo sendo em locais discretos, ter cuidado com as cicatrizes no pós-operatório vai garantir a qualidade da lipoaspiração. Seguir as recomendações do seu médico, portanto, vai deixar você com um corpo mais harmônico e sem cicatrizes visíveis. Quer saber mais? Agende sua consulta com o Dr. Charles Berres aqui! Quer estar por dentro de mais conteúdos? Acesse nosso blog

Leia mais: 5 fatos que você precisa saber sobre lipoaspiração

Como manter a forma após uma cirurgia? 4 cuidados que você precisa ter

Como manter a forma após uma cirurgia? 4 cuidados que você precisa ter

O pós-operatório é o período de cicatrização e prevenção de possíveis complicações decorrentes de um procedimento cirúrgico e pode durar semanas ou até meses. Para alcançar o resultado desejado, é fundamental seguir à risca as recomendações médicas. Por isso, neste blogpost, o Dr. Charles separou 4 cuidados que você precisa ter no pós-operatório. Acompanhe! 

Respeitar o tempo de repouso

Todo procedimento cirúrgico é invasivo e exige um tempo de repouso. É natural que nos primeiros dias você sinta desconfortos, principalmente na região em que foi operada. Portanto, é fundamental que o tempo de repouso seja respeitado. Nos primeiros dias, evite movimentos bruscos, suspenda os exercícios físicos e, dependendo do procedimento, limite-se a atividades simples.

Postura

Outro cuidado extremamente importante no pós-operatório de uma cirurgia plástica é a postura. Deitar somente de barriga para cima ou de bruços, não ficar muito tempo sentada, manter o rosto elevado são, entre outros, alguns exemplos de como é importante cuidar da postura, atentando para o tipo de procedimento realizado e os cuidados específicos.

Alimentação

A alimentação é um dos aspectos cruciais para acelerar a sua recuperação. Ao ter uma dieta equilibrada, ingerindo alimentos ricos em vitaminas, proteínas, minerais e outros nutrientes, você disponibiliza o necessário para ajudar o seu corpo no processo de cicatrização. 

Evite alimentos pesados e gordurosos, além dos ricos em açúcar. Prefira comidas mais leves, como verduras, frutas, peixes e carnes magras. Alimentos anti-inflamatórios ricos em ômega 3 e vitamina A, coagulantes como vitamina K e cicatrizantes como vitamina C são ideais no pós-operatório. 

Drenagem

A última dica de cuidados são as sessões de drenagem linfática. A técnica é essencial para a eliminação de líquidos acumulados após a cirurgia, reduzindo o inchaço e a sensação de desconforto. A drenagem é recomendada em diversos procedimentos, não só na lipoaspiração e na abdominoplastia, mas também na blefaroplastia e na rinoplastia. Ao diminuir o inchaço local, os resultados da cirurgia ficam mais visíveis, melhorando a sensação de bem-estar do paciente. 

Conte com o Dr. Charles e sua equipe para tomar os cuidados necessários durante o pós-operatório. Sua felicidade e o seu bem-estar estão sempre em primeiro lugar na nossa clínica.



Cuidados no pós-operatório: por que é tão importante segui-los à risca?

Cuidados no pós-operatório: por que é tão importante segui-los à risca?

Qualquer cirurgia, independentemente de ser eletiva ou não, requer cuidados especiais. Cada procedimento apresenta as suas especificidades, mas há precauções gerais que devem ser levadas a sério por todos os pacientes. O pós-operatório é o período crucial para o estabelecimento e aparição das conclusões cirúrgicas e, caso algo não seja cumprido conforme orientação médica, corre-se o risco de prejuízo nos resultados finais. 

Devido a essa importância, o Dr. Charles Berres traz algumas dicas imprescindíveis para o bom andamento do seu pós-operatório. Confira! 

  • Tenha uma dieta equilibrada, rica em vitaminas e nutrientes que facilitem o processo de cicatrização.
  • Cuidado com o sol, pois os raios solares facilitam o sangramento e o surgimento de manchas na pele.
  • Beba muita água para evitar a retenção de líquidos e possíveis edemas. 
  • Abandone o cigarro por pelo menos 30 dias.
  • Evite movimentos bruscos e esforços físicos, principalmente na região da cicatriz.
  • Sempre que indicado, faça drenagem linfática, pois diminui o inchaço e traz bem-estar.
  • Cuidado com a postura ao sentar e ao dormir.
  • Utilize os suportes cirúrgicos recomendados (como sutiã, cinta compressora, faixa de sustentação, modeladores, entre outros).
  • Tenha paciência, pois os resultados aparecem ao longo do tempo. Por isso é tão importante que você respeite essa fase de adaptação corporal!

Além dessas recomendações, é fundamental que você converse com o seu médico a respeito dos cuidados específicos em relação à cirurgia que fará, bem como sobre seus medicamentos de uso corrente e hábitos de vida. Fazendo tudo conforme o combinado, você terá maiores chances de obter os resultados tão almejados no pós-operatório e, finalmente, o corpo que deseja.

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com o Dr. Charles Berres através do site.

Exercício físico: o que posso fazer no pós-operatório?

Exercício físico: o que posso fazer no pós-operatório?

A prática de exercícios físicos é recomendada em qualquer fase da vida, principalmente pelos diversos benefícios que traz para a saúde física e mental. Quando aliada a procedimentos estéticos, ela potencializa os resultados, otimizando os efeitos das cirurgias. No período pós-operatório, a realização de atividades físicas também é recomendada, desde que respeitado o tempo de repouso adequado de cada procedimento específico. 

É importante lembrar que os exercícios físicos devem ser incorporados à rotina, mesmo antes da cirurgia, pois eles melhoram o funcionamento cardiorrespiratório, facilitam a cicatrização, reduzem o risco de complicações cirúrgicas e aceleram a recuperação pós-operatória. Pensando nisso, o Dr. Charles Berres traz, neste blogpost, alguns cuidados importantes na hora de retomar os exercícios físicos. Acompanhe!

1. Respeite o tempo de repouso

Para que os resultados sejam alcançados no pós-operatório é preciso respeitar o tempo de repouso estipulado, que varia de acordo com a cirurgia realizada e com as condições orgânicas do paciente. Após a cirurgia plástica, é fundamental que o paciente não retome os exercícios por conta própria, mas observando as recomendações do cirurgião e com acompanhamento constante de um profissional da educação física

De maneira geral, para procedimentos como blefaroplastia, lipoaspiração, lipoescultura e ninfoplastia são recomendados 15 dias de pausa. Para rinoplastia e mamoplastia de aumento são recomendados 30 dias de pausa. Já para procedimentos como abdominoplastia e próteses mamárias e glúteas a indicação é de 60 dias de repouso.  

2. Comece com exercícios leves

Para retomar a sua rotina, o ideal é começar com exercícios leves. Que tal uma caminhada? Para uma retomada gradual, separe 30 minutos para a realização desse exercício que melhora a circulação, prevenindo doenças cardiovasculares e crônicas, além de tonificar os músculos e melhorar a qualidade do sono. Outra contribuição é a prevenção da flacidez muscular, pois, ao melhorar a circulação sanguínea da pele, proporciona maior elasticidade.

Uma outra sugestão é a retomada da musculação leve com pouca carga ou menos séries repetitivas. Ela auxilia enormemente na definição muscular, contribuindo principalmente para os melhores resultados em cirurgias de contorno corporal, como a lipoaspiração e a lipoescultura. Treinos funcionais, que são feitos com o próprio peso do corpo, também são recomendados, desde que os pontos já tenham sido retirados e a cicatrização esteja em estágio avançado. 

3. Foco no resultado

É importante sempre lembrar de que a cirurgia plástica não tem efeitos milagrosos, caso não esteja associada a um plano integral de saúde, que inclui exercícios físicos e alimentação saudável equilibrada. Além disso, o procedimento cirúrgico para alcançar os resultados desejados faz parte de um conjunto de três momentos: pré-operatório, operatório e pós-operatório. Portanto, comprometa-se com a sua saúde e bem-estar respeitando cada uma dessas fases, contribuindo, assim, para a manutenção do resultado cirúrgico.

Gostou das dicas do Dr. Charles? Continue acompanhando o blog e saiba tudo sobre o mundo da cirurgia plástica. Para outras informações, visite o site do Dr. Charles Berres

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram